Gêmeos: "Cético e Lúcido" - Parábola para pensar

segunda-feira, julho 30, 2012


No ventre de uma mulher grávida estavam dois bebês. O primeiro pergunta ao outro:


- Você acredita na vida após o nascimento?

- Certamente. Algo tem de haver após o nascimento. Talvez estejamos aqui principalmente porque nós precisamos nos preparar para o que seremos mais tarde.

- Bobagem, não há vida após o nascimento. Como verdadeiramente seria essa vida?

- Eu não sei exatamente, mas certamente haverá mais luz do que aqui. Talvez caminhemos com nossos próprios pés e comeremos com a boca.

- Isso é um absurdo! Caminhar é impossível. E comer com a boca? É totalmente ridículo! O cordão umbilical nos alimenta. Eu digo somente uma coisa: A vida após o nascimento está excluída - o cordão umbilical é muito curto.

- Na verdade, certamente há algo. Talvez seja apenas um pouco diferente do que estamos habituados a ter aqui.

- Mas ninguém nunca voltou de lá, depois do nascimento. O parto apenas encerra a vida. E afinal de contas, a vida é nada mais do que a angústia prolongada na escuridão.

- Bem, eu não sei exatamente como será depois do nascimento, mas com certeza veremos a mamãe e ela cuidará de nós.

- Mamãe? Você acredita na mamãe? E onde ela supostamente está?

- Onde? Em tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela tudo isso não existiria!

- Eu não acredito! Eu nunca vi nenhuma mamãe, por isso é claro que não existe nenhuma.

- Bem, mas às vezes quando estamos em silêncio, você pode ouvi-la cantando, ou sente como ela afaga nosso mundo. Saiba, eu penso que estamos aqui só de passagem... há uma vida real que nos espera e agora apenas estamos aqui nos preparando para ela...



PENSE NISSO...

A "mamãe" = Deus: '...está tudo à nossa volta! Nela e através dela nós vivemos. Sem ela tudo isso não existiria!'
Há quem não creia na existência de Deus, e também não sabe em que acreditar em relação ao que acontece após a morte. Da mesma forma que um dos gêmeos, há quem não encontre motivos para crer que pode haver algo maior e melhor do que o que vive agora, enxerga somente as limitações de luz, espaço, alimento, sons, há quem realmente acredite que a morte é o fim.
Para os cristãos, há esperança da vida eterna com Cristo nos céus. E é na fragilidade humana que se encaixam 'teorias' e 'crenças' imediatistas acerca do que nos aconteceria após a morte.
O que me chamou a atenção neste texto foi o conflito de idéias, e a presença forte de Deus, ainda que de forma implícita. Ele prepara a vida. Uma vez nascidos aprendemos a 'caminhar' , a ter 'vida própria', gradativamente. Ainda que este processo de crescimento, amadurecimento não se dê de uma hora para outra. Levamos a vida inteira aprendendo, construindo conceitos, raciocínio, evoluindo...
Evolução.
E Deus? Quem ou o que é Deus. A busca, o entendimento, a voz de Deus através da sua Palavra... Abrir o coração para Deus. Encontrar respostas. Encontrar Deus.
Mas e a questão morte?
A palavra é clara:

“E, assim como aos homens está ordenado morrer uma só vez, vindo, depois, disto, o juízo” Hebreus 9.27


Mas afinal de contas, para onde vamos? O que é verdade, em meio a uma infinidade de doutrinas, conceitos e filosofias que são misturados a sentimentos de incerteza e medo do futuro?
Aos cristãos, é evidente a base na Bíblia Sagrada, com uma postura de humildade e submissão. A Bíblia não fala muito detalhadamente, o que é um mistério, mas tem explicação:

“Há coisas que não sabemos, e elas pertencem ao Senhor, nosso Deus; mas o que ele revelou, isto é, a sua Lei, é para nós e para os nossos descendentes, para sempre. Ele fez isso a fim de que obedecêssemos a todas as suas leis” Deuteronômio 29.29


A mim, pessoa criada Católica, que estudou inclusive em um Externato Católico, aos 14 anos encontrou o Kardecismo e nesta doutrina esteve por 22 anos... bastou entender uma coisa ao conhecer verdadeiramente a Jesus, há 03 anos:
-> Temos uma oportunidade aqui na terra:


"Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele.

Quem crê nele não é condenado; mas quem não crê já está condenado, porquanto não crê no nome do unigênito Filho de Deus".

João 3:16-18


Creia e Receba Jesus Cristo como Senhor e Salvador da sua Vida, e persevere em servi-lo e amá-lo.

"Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo". Mateus 24:13




E para encerrar, acredito que, se estamos firmados em Cristo nada nos separa do seu amor. E Dizer que estamos livres das fatalidades desta vida, que todo cristão será abastado, que está imune das enfermidades e das agruras dessa vida, nada mais é do que faltar com a verdade, e submeter ao retrocesso. Devemos estar conscientes que a nossa pátria não é aqui, que somos forasteiros neste mundo e aguardamos novos céus e nova terra. E assim prossigamos vivos em direção ao alvo maior da nossa existência, levando aos ombros a nossa cruz, sem desistir da caminhada.

O que há depois da morte?
Preocupe-se primeiro em saber que tipo de vida está vivendo.



Desejo à todos uma semana abençoada, e produtiva.
Fiquem na paz!

You Might Also Like

5 Comentários

  1. Eu sou ecumênica e optei por não ter uma religião específica. Mas certamente, me preocupo com a vida q vivo agora. Agora! Sempre!

    ResponderExcluir
  2. I am continuously invstigating online for articles that can aid me. Thx!

    ResponderExcluir
  3. Oi Ale, tudo bem?
    Não tive tempo infelizmente de ler o texto até o final pois meu bebê não deixa, mas achei super interessante. Volto outra hora com mais calma.
    Beijosss

    ResponderExcluir
  4. Lindo o texto e muito reflexivo. Feliz daquele que crê em Deus!

    Beijo enorme Ale!

    Kika/blog Acessarte

    ResponderExcluir
  5. Oi Ale!


    Adorei o texto... Muito bonito e faz a gente ficar pensando!


    Beijo

    www.passandomake.com

    ResponderExcluir

❤ Gratidão por sua visita ao Alessandrices!

❤ Seu comentário é muito importante,e as críticas construtivas são muito bem vindas desde que feitas com educação. Sua pergunta é respondida posteriormente, então volte depois para conferir a resposta, ok?

❤ Aaaahhhh! Caso queira deixar o link do seu blog no comentário, use o código abaixo (sem espaços) , substituindo onde requer as informações do seu blog, assim ao clicarmos no nome do seu blog em seu comentário, já somos imediatamente direcionados a ele, para uma visitinha!

< a h r e f = " LINK DO SEU BLOG " > NOME DO SEU BLOG < / a >

Instagram

recent posts

Send Quick Message

Nome

E-mail *

Mensagem *

Disclaimer

As postagens contidas nesse blog destinam-se exclusivamente a aqueles que possuam interesse sobre os assuntos aqui abordados. Os mesmos não possuem qualquer rigor científico. Para mais informações referentes aos assuntos aqui explanados, se faz necessário busca-las junto a profissionais nas áreas abordadas. A autora não se responsabiliza por uso de produtos e/ou lojas abordados em suas postagens, ficando isenta de quaisquer consequências provenientes de tais ações. Todo o conteúdo veiculado nesse site é de propriedade exclusiva da autora. Qualquer informação replicada deve possuir referência a sua fonte.